Puntos Exú y Pomba Gira

Puntos Exú y Pomba Gira (31)

 
Pombagira da praia é uma mulher hermosa!
Pombagira da praia é uma mulher hermosa!
Gira gira pombagira
na beira da praia, na beira do mar
gira gira pombagira
rainha da praia vem saravá (x2)
Pombagira É Mulher
De Domingo Ate Segunda (Bis)
Na Boca De Quem Nao Presta
Pombagira É Vagabunda
Oh Gire, Gire
Oh Gire, Girá
Ela Tem Sete Maridos 
Mas Nao Pode Se Casar (Bis)

No caminho do terreiro

Encontrei uma mulher.

Vinha linda e perfumada,

Quis saber: "Quem ela é?"

Pombagira Cigana,

Pombagira ela é.

Ela vem caminhando,

Ela chega girando

Na ponta do pé.

Cadê seu Zé Pilintra
De chapéu branco na mão
Com gravata encarnada
Mandando socar Pilão.

Cadê seu Zé Pilintra
De chapéu branco na mão
Com gravata encarnada
Mandando socar Pilão.

Cadê seu Zé Pilintra
De chapéu branco na mão
Com gravata encarnada
Mandando socar Pilão

O Dama da Noite o minha donzela
cade Dama da Noite eu quero falar com ela
O Dama da Noite o minha donzela
cade Dama da Noite eu quero falar com ela

Olha ela ai, olha ela ai, A Dama da Noite a mulher de Tiriri


 Senhora dama da noite

Rainha da encruzilhada

Senhora dama da noite

Rainha da encruzilhada

O seu caminho é escuro

Mas ela é iluminada

O seu caminho é escuro

Mas ela é iluminada!

Olha quem chegou pra trabalhar
caminhando veio daquela porteira
trazendo o feitiço no olhar
ela não é de brincar
ela é rosa caveira! (x2)
pombagira com andar tão sensual
abre todos os caminhos
pra quem não fizer o mal
sua morada, é embaixo de uma figueira
se o perigo aparecer
chame por rosa caveira! 

Sacode O Pó Que Chegou Rosa Caveira
Pomba Gira Da Calunga
Vem Levantando Poeira (X2)
Suas Mandingas São Cercadas De Mistérios
Saravá A Pomba Gira Que Vem Lá Do Cemitério
Se Diz Que Faz É Melhor Não Duvidar
Porque A Rosa Caveira Promete Para Não Faltar
Sacode O Pó Que Chegou Rosa Caveira
Pomba Gira Da Calunga
Vem Levantando Poeira (X2)
Levo Uma Rosa Cuando Vou Ao Seu Axé
Falo Com Rosa Caveira
Porque Nela Eu Tenho Fé
Tudo O Que Peço Nunca Me Deixou Faltar
Ela É Muito Famosa
E Na Ê Na É Mojubá
Sacode O Pó Que Chegou Rosa Caveira
Pomba Gira Da Calunga
Vem Levantando Poeira (X2)
Quem e essa dama de preto!
Que leva uma rosa nas maos
ela e a rosita caveira 
que agora eu te vou a presentar!
Saravá calunga saravá kimbanda
saravá rosita caveira 
que chegóu a vencer demanda! (x2)
olha essa dama guerreira e rainha das almas
e rosita caveira! (x2)
ela e rosita caveira de la calunga!
Cuando chega ao terreiro vai fazer a macumba! (x2)

Foi sob a lua que encontrei um grande amigo,

Sob a lua encontrei meu protetor.

Lá na Calunga conheci Exu Caveira

Quando o luar sua morada iluminou.

(O foi ...)

Foi sob a lua que encontrei um grande amigo,

Sob a lua encontrei meu protetor.

Lá na Calunga conheci Exu Caveira

Quando o luar sua morada iluminou.

 A esse Exu tão poderoso

Eu devo toda a minha gratidão

É ele quem me dá caminho

Quando tropeço é quem me estende a mão.

(o foi...)Foi sob a lua que encontrei um grande amigo,

Sob a lua encontrei meu protetor.

Lá na Calunga conheci Exu Caveira

Quando o luar sua morada iluminou. (bis)

Muitos o temem por sua seriedade

Quem anda certo, não tem o que temer.

Peça com fé a esse grande Exu

Que sempre atende a quem faz por merecer.

Ele me acompanha seja noite ou seja dia.

Estou seguro sob sua proteção

Que sua luz seja constante em minha vida.

Porque sem ela restaria a escuridão.

(O foi ...)Foi sob a lua que encontrei um grande amigo,

Sob a lua encontrei meu protetor.

Lá na Calunga conheci Exu Caveira

Quando o luar sua morada iluminou. (bis)

A esse Exu tão poderoso

Eu devo toda a minha gratidão

É ele quem me dá caminho

Quando tropeço é quem me estende a mão.

SAUDAÇAO A EXU CAVEIRA

Ê, Caveira, firma seu ponto na folha da bananeira, Exú Caveira! (x2)

Quando o galo canta é madrugada,
Foi Exú na encruzilhada, batizado com dendê.
Rezo uma oração de traz pra frente,
Eu queimo fogo e a chama ardente aquece Exú , Ô Laroiê.
Eu ouço a gargalhada do Diabo,
É Caveira, o enviado do Príncipe Lúcifer.
É ele quem comanda o cemitério,
Catacumba tem mistério, seu feitiço tem axé. Ê Caveira!
Ê, Caveira, afirma ponto na folha da bananeira, Exú Caveira! (x2)

Na Calunga, quando ele aparece,
Credo e cruz, eu rezo prece pra Exú, dono da rua.
Sinto a força deste momento,
E firmo o meu pensamento nos quatros cantos da rua.
E peço a ele que me proteja,
Onde quer que eu esteja ao longo desta caminhada.
Confio em sua ajuda verdadeira,
Ele é Exú Caveira, Senhor das Encruzilhadas. Ê Caveira !
Ê, Caveira, afirma ponto na folha da bananeira, Exú Caveira! (x2)
Página 1 de 3

AXE DE POMBA GIRA © 2016 Política de privacidad Términos y condiciones